terça-feira, 3 de março de 2009

Auto-reflexão

Assisti ao "Tropa de Elite" pela terceira vez outro dia e percebi que esse filme me leva a uma auto-reflexão.

Eu estou completamente convencido de que as torturas utilizadas pelos homens da lei os colocam no mesmo patamar de qualquer outro tipo de torturador. Nesse caso os fins não justificam os meios. Tortura é tortura.

Mesmo pensando assim não consigo deixar de me empolgar quando os traficantes são punidos dessa forma tão perversa. Me sinto vingado pelas vezes em que fui assaltado, pelas crueldades que inocentes sofreram nas mãos de bandidos.

Tenho consciência do absurdo que é esse tipo de política repressiva. Também tenho consciência que não sou tão humano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário